Segunda-feira, Abril 24, 2017
pt-ptende
Inicio | Mobilidade Limpa | Zero Emissões
Solar Impulse over San Fransisco

Zero Emissões

ZERO EMISSÕES. O avião SOLARIMPULSE 2 e o seu piloto Bertrand Piccard estão, neste momento, em grande altitude a sobrevoar o Atlântico de Oeste para Este. Desde a descolagem em Nova Iorque, passaram-se um dia, nove horas, 17 minutos e 52, 53, 54, 55 … segundos. A meta é a Europa. Daqui a sensivelmente 4 dias – na 5a-feira, dia 23 de julho – Piccard pretende aterrar com o seu avião em Sevilha.

Mas por que razão em Sevilha e não em Faro? Porquê em Espanha e não em Portugal? Será que os responsáveis do aeroporto de Faro e da Região de Turismo do Algarve (RTA) voltaram a ignorar os sinais dos tempos? Agora, que junto a Tavira e a Aljezur, frente à costa atlântica, se faz sondagens à procura dos poluentes Petróleo e Gás, teriam os políticos locais e gestores do turismo tido a oportunidade de mostrar, que os sinais dos tempos de AGORA apontam para uma MOBILIDADE LIMPA.

Causando uma boa impressão, sem mais lamúrias e sem proferir palavras vãs, poderiam ter demonstrado estar à altura dos desafios dos nossos tempos. O SOLARIMPULSE 2, pesando somente 2,3 toneladas, e dotado de 4 motores elétricos e 17.248 células solares, segue o seu caminho no que é a sua primeira viagem à volta do mundo. Porém, o primeiro aeroporto depois da travessia do atlântico seria FARO e não SEVILHA. Por que razão é que então o SOLARIMPULSE 2 não aterra em Faro?

Causando uma boa impressão, TODOS NÓS, poderíamos ter dado as boas vindas ao „Pepertue Mobile“ voador e ter marcado posição frente à loucura da aviação comercial, que todos os dias liberta milhões de toneladas de querosina, ou seja CO², na atmosfera. SOLARIMPULSE 2 é o futuro solar da aviação, e com esta inicia-se o final da aviação civil e poluidora. A aviação civil é responsável por 12% das emissões dos transportes a nível mundial, e 2,4% do total das emissões a nível global.

Não devemos dar motivo para contentamento aos gestores da indústria petrolífera, quando perante a crítica dos contestadores das perfurações, recebem as respetivas petições, e perguntam, insinuosamente, se os contestatários já começaram a abastecer as suas viaturas com elécticidade, ou se ainda as vão abastecer nas suas bombas com gasolina ou gasóleo…

As lamentações e a crítica só funcionam, quando, para além da procura de mudança nos outros, há primeiro iniciativa de mudança em nós próprios. Por isso, pretendo aqui dar início ao blogue MOBILIDADE LIMPA na eco123.info/blog e assumo desde já ter sido, no Algarve, o primeiro dono de um carro elétrico de um construtor francês. O construtor chamou-lhe ZOE ZEN – um nome verdadeiramente sedutor – e irei relatar se a viatura cumpre as promessas feitas pela marca ou se esta é mais um caso de GREEN WASHING. Escrevam-me também neste blogue, quais as vossas experiências com veículos elétricos nestes primeiros dias de uma nova era. De comboio, autocarro, carro, bicicleta etc. Como funcionam a técnica, as recargas, etc. Escrevam em português, ou inglês, ou alemão e não mais do que 150 palavras por texto. Nós iremos traduzir e publicar os texto na rede, total ou parcialmente, para serem discutidos.

www.solarimpulse.com

About the author

Uwe Heitkamp, 53 anos, jornalista e realizador, vive 25 anos em Monchique, Portugal. Adore caminhadas na montanha e natação nas ribeiras e barragens. Escreve e conte histórias sobre os humanos em relação com a ecologia e a economia. Pense que ambas devem ser entendido em conjunto. O seu actual filme “Herdeiros da Revolução” conta durante 60 minutos a história de uma longa caminhada, que atravessa Portugal. Dez protagonistas desenham um relatório da sua vida na serra e no interior do país. O filme mostra profundas impressões entre a beleza da natureza e a vida humana. Qual será o caminho para o futuro de Portugal? (Assine já o ECO123 e receberá o filme na Mediateca)

Deixar uma resposta