Quarta-feira, Junho 28, 2017
pt-ptende
Inicio | Portugal | Vida | Comer e Beber | O Yin/Yang prova-se em Lisboa
Tao Restaurante Natural

O Yin/Yang prova-se em Lisboa

Tao Restaurante NaturalUm dos últimos locais em que se pensa quando se fala em alimentação natural é Lisboa. Ou talvez não, dependendo do que se considera como tal.
Para Rui Rato, dono do restaurante Tao, alimentação natural implica não só alimentos na sua forma integral, mas também uma combinação harmoniosa de cada ingrediente, considerando o efeito que o todo tem no corpo, mente e espírito de cada um. Precisamente por isso é que cada cliente faz o seu prato, ou não fosse o nome do restaurante derivado do Taoísmo. Nesta tradição filosófica e religiosa chinesa, Tao significa a via, assim como a origem e a força por detrás de todas as coisas. Uma das escolas do Taoísmo era a Naturalista, sintetizando os conceitos de Yin/Yang, tipicamente associados ao feminino e masculino, ou nas palavras de Rui Rato, “a complementaridade dos opostos”. E essa filosofia reflecte-se na oferta gastronómica, maioritariamente vegan e potencialmente macrobiótica, dependendo da construção do prato que cada cliente fizer.

Aberto há mais de uma década e situado na Rua dos Douradores, o Tao situa-se em plena baixa Lisboeta. Oferece um ambiente Zen, tendo inclusivamente um espaço para aulas de Tai-Chi no primeiro piso. É aí que Rui Rato, autor dos livros “Diagnóstico Oriental” e “Segredos de Longevidade e Vitalidade, Através da Alimentação Micro-Macrobiótica”, presta consultas de orientação alimentar e diagnóstico oriental.

Proporcionando pratos de cinco porções a 5€ em esquema de cantina, o Tao é, sem dúvida, a opção mais económica e saborosa de restaurante vegetariano e macrobiótico na zona de Lisboa. Mas é também claramente o que maior preocupação demonstra pela saúde dos seus clientes, fugindo à prática comum do arroz e do pão refinados. É inclusive um dos poucos locais onde é possível encontrar (saborosas) sobremesas sem adição de açúcar.

Ainda que a escolha varie diariamente, é sempre possível encontrar arroz integral. Ou as especialidades da casa como o seitan panado, o tofu grelhado ou a tempura de vegetais (uma espécie de versão japonesa dos peixinhos da horta portugueses). Outras possibilidades passam pelo apetitoso empadão de vegetais, a tarte de tofu e alho francês, o homus, as bolinhas de arroz frito ou as nabiças refogadas.

No fim, temos a hercúlea tarefa de escolher qual das sobremesas experimentar. Na maioria vegans, oferta é composta por arroz doce, mousse de alfarroba, crumble de maçã, salame com amendoim, bolo de alfarroba, empadas de maçã, mousse de côco ou tarte de maçã.

Com um total de 6€ pelo prato de 5 porções e a sobremesa, não é raro sair do Tao como de um almoço de família ao domingo – mas apenas uma visita é não é suficiente para experimentar tudo o que este restaurante tem para oferecer.

“O Tao não só é a opção mais económica e saborosa mas também a que maior preocupação demonstra pela saúde dos seus clientes”

 

Dados e contactos da empresa: Tao – Restaurante Natural
Rua dos Douradores, 10 – 1100-206 Lisboa
Tel.: 218 850 046
Email: ruirato.tao@clix.pt
Horário de funcionamento: Todos os dias, 12h00-15h00 e 19h00-21h30

About the author

Hugo Filipe Lopes:Licenciatura em Sociologia, Pós-Graduação em Nutrição Clínica pela Faculdade Egas Moniz. Colaborador de várias publicações online, formador e terapeuta alimentar. Menções honrosas nos concursos da Casa da Imprensa e Lisboa à Letra.

Check Also

Templo Hindu

De comer e rezar por mais

Um provérbio antigo diz que os homens se apanham pelo estômago. No caso do Templo …

Deixar uma resposta