Sábado, Junho 24, 2017
pt-ptende
Inicio | Portugal | Vida | Comer e Beber | Tradição ao ritmo adequado
restaurante o charrette

Tradição ao ritmo adequado

Aviso prévio: se para o leitor qualquer tipo de comida é indiferente, ou se prefere ‘despachar’ as suas refeições à pressa, ‘A Charrette’ não é o restaurante indicado para si. Este é um estabelecimento em que tudo demora o tempo adequado, desde a confecção dos pratos ao serviço, dando (até exigindo) espaço para saborear a excelente comida, apreciar a decoração, conversar e desfrutar da companhia.
restaurante a charrette em monchiqueSituado no centro de Monchique, quem entra no restaurante depara-se com uma decoração tradicional, acolhedora, com mobília antiga (mas bem tratada) em madeira, onde encontra inúmeros objectos do trabalho ou uso quotidiano de outras épocas. Junto à entrada, situa-se o balcão onde costuma estar José António Pedro, o dono do estabelecimento. Actualmente com 61 anos, opera este espaço há aproximadamente 35, quando pegou num snack-bar (e antiga mercearia) e o transformou num restaurante onde “defende a gastronomia tradicional de Monchique”, afirma.
Natural de Monchique e com um grande apego à identidade etnográfica da região, José António Pedro foi descobrindo, por iniciativa própria, as ideias defendidas pelo movimento ‘slow-food’. E foi progressivamente aplicando-as no seu estabelecimento. Isto reflecte-se em situações como grande parte dos produtos utilizados serem frescos e de produção local, ou os pratos serem cozinhados na altura em que são pedidos. E daí o facto de tudo ser desfrutado com o seu devido tempo. Enquanto se espera pelos pratos, saboreiam-se fatias de um delicioso e estaladiço pão regional, acompanhado das excelentes ‘Azeitonas à Monchique’ (azeitonas com cebola e cenoura refugadas em azeite; 1,6€) de produção local. O atendimento marca o ritmo e o espírito da refeição: sem pressas e muita simpatia.
a charrette em monchiqueNa ementa destaca-se a grande selecção de pratos de carne, particularmente de porco (a produção por excelência em Monchique), mas também há uma boa variedade de pratos de peixe ou pratos tradicionais à base de leguminosas (feijão, grão) e enchidos. A carta de vinhos é extensa e bem fornecida, como é possível de constatar rapidamente pelos vinhos expostos numa das paredes da casa. Um dos comensais opta por um dos pratos típicos em oferta: a ‘Perna de Perú no forno com puré de batata’ (9€), numa dose generosa e muito bem cozinhada. O outro opta por uma ‘Espetada de Tamboril e Gambas’ (14,5€), onde o peixe cozinhado ao ponto exacto revela a mestria de quem está nos ‘bastidores’. Tudo é acompanhado de um jarro de vinho da casa (4,5€), neste caso um bom tinto de Pias (Alentejo).
Ao longo da refeição desfruta-se do ambiente tranquilo, o que sem dúvida favorece a experiência. Para sobremesa, opta-se pela tradição regional: um ‘Dom Rodrigo’ (2,6€) e uma ‘Tarte Algarvia’ (à base de alfarroba, amêndoa e figo; 4€), ambas muito bem confecionadas. E de produção caseira, assegura-nos José António Pedro, com a tarte a vir de São Brás de Alportel. O sabor não o desmente.
Em conclusão, o restaurante ‘A Charrette’ é um bom local para desfrutar de uma refeição tranquila e com comida de excelente qualidade. Os preços praticados, embora não sejam baratos, são perfeitamente ajustados à agradável experiência de comer neste estabelecimento.

A Charrette
Rua Dr. Samora Gil, 30 a 34 – 8550-461 Monchique – junto à Câmara Municipal
(+351) 282 912 142
Mob.(+351) 962 044 273
Email: restaurantecharrette@hotmail.com
Horário de funcionamento:
Todos os dias, 12h00 – 22h00

Check Also

CREME DE ALHO FRANCÊS E ABÓBORA COM AMENDOA

Sabores do Outono

Após um Verão escaldante, a frescura do Outono traz consigo o agradável conforto das temperaturas …

Deixar uma resposta