Home | Portugal

Portugal

A minha viagem pelo mundo
Dez passos para entrar noutro mundo

Primeiro passo: aprender cozinha vegetariana… Estou sentado à mesa do pequeno almoço – pão, manteiga, queijo, um ovo – servidos como se costuma fazer nos hotéis: a chávena de café, o sumo de laranja e os cereais. Penso no dia anterior e imagino ser uma pessoa que costuma comer carne, a quem dizem que, a partir de hoje, terá de erradicar carne e enchidos da sua alimentação. Por razões morais ou para proteger o clima. Está muito em jogo. Se eu fosse alguém habituado a comer carne ficaria zangado e indisposto, mal-humorado, e acabaria por culpar o resto do mundo …

Read More »

Censos 2021

Incrível! Não vamos contar pessoas, as suas casas e os seus carros – mas sim, gaivotas, os seus ninhos e as suas crias: trata-se da primeira contagem de gaivotas urbanas e foi iniciada recentemente. Esta é uma iniciativa do fundo Cidadãos Ativos, organizada pela Sociedade portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), e desafia os portugueses a registar online as gaivotas, ninhos e crias que virem na sua cidade. Essa informação irá contribuir para o censo nacional da gaivota-de-patas-amarelas. O objetivo principal é estimar o número de casais reprodutores e a distribuição das áreas de reprodução. “Todas as observações são …

Read More »

A lógica dos nossos impostos pode mudar?
O GEOTA* considera que sim.

Falar sobre impostos não é algo que consideraria, à partida, um tema interessante, pois a nossa experiência recente é que eles são um verdadeiro fardo para muitos de nós. Um fardo que, apesar de tudo, a sociedade se compromete a assumir. E todos temos uma opinião sobre o assunto; sem muitas hesitações, diria que o que todos queremos é que os impostos não nos sobrecarreguem e que tornem possíveis efeitos verdadeiramente benéficos para a sociedade. Claro que o que é “verdadeiramente benéfico” é subjetivo, logo variado e por vezes contraditório, pois as preocupações sentidas pelos cidadãos variam conforme o seu …

Read More »

A caminho de parte nenhuma

Coloca-se novamente a questão do ser ou ter. O automóvel Renault festeja o seu 122-íssimo aniversário. Haverá razão para festejar? Lembro-me de três histórias a esse respeito. Esta é a primeira: Um rapaz de sete anos é atropelado por um automóvel. Conforme reportado pela Polícia, a criança pretendia atravessar a estrada numa passadeira com a sua trotinete. É atropelada por uma condutora de 48 anos e o automóvel arrasta-a por alguns metros pela estrada. Acontece num domingo, ao fim da tarde. A criança não sobrevive aos ferimentos, acabando por falecer no hospital. Hoje em dia, consideramos uma notícia destas como …

Read More »

Abuso de poder em tempos de crise
De Theobald Tiger

Há histórias que se repetem. Estão sempre relacionadas com dinheiro e falta de justiça social. São histórias sobre a falta de critério de entidades públicas… injustiças, irregularidades e abuso de poder. E não estamos a falar da China ou das Filipinas. Passam-se aqui, à nossa porta. Maria N.* tem 67 anos de idade quando me conta esta história e está reformada há um ano. Recebe cerca de 400 euros por mês. É o resultado de quase 40 anos de contribuições para a Segurança Social. Depois, algo de inimaginável aconteceu. Maria N. recebeu uma notificação da Segurança Social de Faro que …

Read More »

A democratização do investimento?
Uma conversa entre um “tubarão*” da Finança e um jornalista

Combinamos que isto iria ser uma conversa e não uma entrevista normal, recorda-se?   Manuel Nina: Sim, e tenho muitas perguntas sobre permacultura. Fui visitar o meu sogro, que é agricultor no vale do Douro. Tem uma pequena exploração de dois hectares, onde cultiva vinha e fruta para a família, e trouxe para Lisboa grandes cabazes de alfaces e couves. Mas ele também me mostrou as árvores que tem lá. Usufrui de uma pequena parcela de terreno com pinheiros, medronheiros e oliveiras. A minha primeira questão é esta: falámos brevemente de permacultura, mas não existe permacultura universal, pois não? Existe …

Read More »

Tempo é dinheiro?

O Ser Humano quer sempre mais: mais tecnologia, mais conforto, mais consumo, mais dinheiro. É um estilo de vida que levanta muitas questões. O que acontece nos campos, nas florestas, nas estradas, nas cidades, nos postos de trabalho, nas escolas e nas universidades? O Ser Humano evita respostas e decisões concretas. O Ser Humano mantém constante a mesma atividade, tal como as suas máquinas, ignorando a importância dessas questões: O que está dentro do seu alimento, da sua roupa, dos seus medicamentos? Será que a industrialização está a envenená-lo a si e à Terra? Até que ponto é que a …

Read More »

Haverá uma vida antes da morte?

Estamos no Nepal. M. olha através da janela e vê um vale verdejante. Mais abaixo há uma floresta de várias espécies. M. é natural de Merangdi, uma aldeia com poucas casas no distrito de Solukhumbu. Quando sai da casa onde mora com os seus pais e olha para Norte, e o tempo está bom, permitindo visibilidade, consegue ver a maior montanha do mundo, o Monte Evereste, com 8.848 metros de altura. Aquele cume reina sobre o vale, é magnífico. Estamos no primeiro distrito. M. e os seus três irmãos – tem dois irmãos mais velhos e uma irmã mais nova …

Read More »

It’s a Man’s Man’s World

O Ser-Humano tem por hábito definir o seu sucesso através de valores exteriores como o dinheiro, estatuto social, aspeto físico. O Ser-Humano frequentemente não tem em atenção metas espirituais como o bem-estar da alma, a alegria de viver e os seus sentimentos, bem como a aprendizagem de novas competências. Muitas vezes não aprendemos isto em casa, na escola ou na universidade. Não se fala sobre o bem-estar espiritual ou sobre os sentimentos, porque não funcionar envergonha as pessoas. Quando o Ser-Humano descobrir a razão porque anda a vida toda a subjugar-se ao dinheiro, ao trabalho e a um sistema económico …

Read More »

Nº 75 – Uma tachada com muitas coisas boas do seu jardim.
(Sopa da pedra da própria horta)

Sábado, 20 de Fevereiro de 2021 A nossa meta é a autonomia alimentar. Para lá chegar precisamos de cinco anos. Em cinco passos alcançamos essa meta. No primeiro ano, trabalhamos a terra, limpando-a e criando uma terra leve, retirando as pedras e as ervas daninhas. Ao mesmo tempo, fazemos compostagem, para depois usar o composto como fertilizante para a primeira sementeira do segundo ano: batatas e cebolas, ervilhas e feijão, tomate e pimento, e muito mais. Recomendamos também um curso de permacultura na Quinta Vale da Lama, em Lagos. Para a receita de hoje, quase todos os ingredientes são da …

Read More »