Home | Eco notícias | Faça você mesmo e evite o lixo

Faça você mesmo e evite o lixo

Hoje vou focar-me na higiene oral e na limpeza da cozinha e da casa de banho. Quando compro pasta de dentes esta vem quase sempre numa caixinha de cartão, para além do tubo, o que me incomoda. Por que razão duplicar os custos de embalagem e o lixo? E será necessário o plástico?

Produzo um sal muito prático para a higiene oral, e coloco-o num frasquinho usado, mas bem limpo, que assim é reutilizado e escusa de ir parar ao vidrão. Qualquer que seja a embalagem que venha a usar para colocar o seu sal de higiene oral, esta pode ter sempre uma segunda vida.

Receita para o sal oral que substitui a pasta de dentes:

Ingredientes:
1 colher de chá de bicarbonato de sódio (este, sendo alcalino, neutraliza os ácidos que provocam as cáries e, com isso, proporciona uma frescura agradável na boca).
½ colher de chá de curcuma em pó (ação antibacteriana);
3 colheres de chá de xilitol (para além da sua ação antibacteriana, evita as cáries e a placa bacteriana);
1 colher de sopa de folhas de menta secas. Também poderá usar cinco gotas de óleo de menta (tem um efeito antibacteriano, antiviral, antifúngico e proporciona um hálito fresco);
1 colher de sopa de folhas de salva secas (estas, para além de serem anti-inflamatórias também têm um efeito antissético).

Preparação:
coloque todos os ingredientes num almofariz e pulverize;
insira depois num recipiente com tampa e desinfetado.

Utilização:
humedeça a escova de dentes;
coloque um pouco de sal oral na escova com a ajuda de uma pequena espátula ou colher, e escove os dentes.
O sal oral pode perfeitamente ser levado em viagens. Mesmo durante caminhadas, se o recipiente não for de vidro, tem pouco peso e ocupa pouco espaço.

Vinagre de citrinos

Com certeza que, em todos os lares, há uma garrafa vazia de limpa vidros ou de desengordurante, daquelas com borrifador. Também esta poderá ganhar nova vida.
Este vinagre é adequado para limpezas na casa de banho e na cozinha, e tem uma forte capacidade de limpar calcário, deixando um cheiro agradável a citrinos. Também se poderá colocar um pouco no compartimento do amaciador da máquina de lavar, dispensando assim o amaciador. O mesmo se passa com o abrilhantador da máquina de lavar loiça. Encha o respetivo compartimento da máquina com este vinagre.
Aproveite frascos vazios e grandes de pickles ou de mel. As cascas de citrinos deixam de ir para o composto. Coloque-as diretamente no frasco com tampa. Claro que também poderá usar frascos para compotas.

Ingredientes:
cascas de citrinos (limão, lima, laranjas, tangerinas, toranjas, etc.);
vinagre ou vinagre de limpeza (não use essência de vinagre);
um frasco grande de vidro que se possa fechar bem;
uma garrafa com borrifador;
um pouco de detergente para a loiça.

Preparação:
coloque as cascas bem apertadas dentro do recipiente de vidro;
junte vinagre até tapar completamente as cascas;
feche bem o frasco e deixe apurar durante 2 a 3 semanas;
verifique regularmente se o vinagre ainda cobre bem as cascas e junte mais vinagre se necessário; as cascas absorvem parte do vinagre e se não estiverem cobertas, criam bolor;
depois de 2 a 3 semanas o vinagre escureceu um pouco. Passe o líquido por um passador;
coloque o líquido no borrifador;
para que o vinagre de citrinos agarre melhor em superfícies lisas junte um pouco de detergente. O vinagre assim irá perder tensão e espalhar-se melhor.
Atenção: este vinagre não é adequado para a limpeza de pedra natural, juntas com silicone, borrachas e chão de linóleo. O vinagre é demasiado agressivo para estes materiais.
Juntas com silicone podem ser limpas com ácido cítrico ou com bicarbonato de sódio.

Stefanie Kreutzer

Check Also

“O que pensam os políticos quando tentam ignorar o aquecimento global?”

Não há nada que penalize mais a credibilidade nas políticas governamentais do que a falta …