Sexta-feira, Outubro 19, 2018
pt-ptende
Inicio | Portugal | Reportagem | Onde está enterrado o tesouro?

Onde está enterrado o tesouro?

Vamos caçar um tesouro.O tesouro está na floresta. Sabemos que, enquanto o sol nasce, as árvores começam a trabalhar. Transformam o dióxido de carbono (CO²) em oxigénio, o elixir da vida.

Primeira pergunta
Onde está enterrado o tesouro?

Tenha em mente que na Península Ibérica 1.5 milhões de hectares são floresta de eucalipto, principalmente para serem transformados em papel de escritório. Em Portugal (92.000 km2) temos eucalipto plantado sobre um milhão de hectares. Isso são 10.000 km2, ou seja, 12% do território nacional. Para vizualizar o que isso significa, imagine uma linha a ligar Lisboa a Montemor-o-Novo, Abrantes e Leiria. Marque essa linha num mapa de Portugal, nosso mapa para o tesouro, e preencha o quadrado resultante a vermelho.

Em Espanha (515.000 km2), país cinco vezes maior do que Portugal, só temos uma área total igual a metade da plantada em Portugal, ou seja, exatamente 500.000 hectares com eucalipto. São 5.000 km2, ou seja a área da região de Madrid, uma área de 50 por 100 km, menos do que um por cento do território de Espanha.

Segunda pergunta
Quantos hectares são 1 km²?

Terceira pergunta
Por que razão há mais eucaliptos em Portugal do que em Espanha?

Querem primeiro a boa notícia? Quase todos sabemos, por que razão há cada vez mais situações meteorológicas extremas. São uma consequência do nosso estilo de vida e do dióxido de carbono que emitimos para a atmosfera durante as 52 semanas do ano. Em média, um alemão polui a atmosfera, todos os anos, com onze toneladas e meia de CO₂ , um habitante do Reino Unido é responsável por dez toneladas e um português emite em média sete toneladas de CO₂ nas 52 semanas do ano. São resultado das deslocações de automóvel e avião, do consumo de carne, enchidos & manteiga e de eletricidade, e da compra de roupa do Extremo-Oriente, etc. Para os dez milhões de habitantes resultam 70 milhões de toneladas de CO₂. Um valor bastante bom para um país com uma área de 92.000 km², ou seja cerca de 600 km por 154 km, e que coloca Portugal no terço inferior da tabela dos emissores europeus. E Lisboa é a capital, principal poluidora deste país.

Quarta pergunta
Quantos quilos são uma tonelada?

Quinta pergunta
O que pesa mais, uma tonelada de CO2 ou uma tonelada de oxigénio?

E agora a má notícia. No sul de Portugal acabou por arder uma floresta, durante uma semana, num incêndio provocado por uma linha de alta tensão, que iniciou o fogo numa árvore de uma floresta de eucalipto. É verdade? O eucalipto incendeia-se facilmente, por conter muitos óleos. Arderam aproximadamente 30 milhões de árvores, jovens e crescidas, entre elas também muitos sobreiros, pinheiros mansos e mais vegetação de muito valor. Houve muitos animais que sucumbiram às chamas: por exemplo 60 milhões de abelhas de 3.000 colmeias. Numa área de 280 km² (10km x 28km) o fumo provocado durante os sete dias equivale à emissão em dióxido de carbono dos dez milhões de habitantes durante 52 semanas. Um inferno, uma verdadeira catástrofe.

Sexta pergunta
Por que razão é que a maior parte dos incêndios se iniciam em florestas de eucalipto?

Graças aos incêndios, Portugal conseguiu colocar-se no topo dos países emissores da Europa, ultrapassando até a Alemanha e o Reino Unido. Agora, em média, todo o português é responsável por pelo menos 14 toneladas de CO₂, apesar de serem os produtores de pasta de papel os verdadeiros responsáveis. E agora? O ano ainda não chegou ao fim. Este valor ainda pode piorar, com mais ar a ser poluído por incêndios florestais e ao mesmo tempo desaparece área florestal que nos faz falta para voltar a transformar o CO₂ em oxigénio durante os próximos anos. Portanto, quem plantar árvores autóctones – como por exemplo florestas de sobreiros e castanheiros – está a agir bem.

Sétima pergunta
Quantas árvores (sobreiros, castanheiros, etc.) teriam que ser plantadas nas áreas ardidas, por habitante, durante os invernos dos próximos cinco anos, para conseguirmos alcançar em 2023, novamente, o valor de só sete toneladas de CO2 por habitante?

Para isso temos que registar, que cada árvore plantada, no seu primeiro ano de vida, transforma 10 kg de dióxido de carbono em oxigénio, no segundo ano 15 kg, no terceiro 22,5 kg, no quarto 33,75 kg e no quinto ano 50,625 kg. E só uma em cada três árvores sobrevive até aos cinco anos.

Oitava pergunta
Em Corte Grande, Monchique, está um sobreiro com 2.000 anos de idade. Quanto CO2 é que esta árvore transformou em oxigénio ao longo da sua vida?

Na última semana do ano, sempre de 27 a 30 de dezembro, tem lugar em Portugal a Semana Internacional de Caminhada 2018, organizada pela associação portuguesa AcaminPor em colaboração com a revista ECO123. Em todas as caminhadas, cada um dos participantes recebe uma jovem árvore para plantar no âmbito do projeto de reflorestação desta revista.
www.monchique-mountain-marathon.org
www.eco123.info
Email: info@eco123.info

Check Also

As escolas em tempos de desertificação

As escolas em tempos de desertificação

Nas zonas remotas é reduzida a oferta escolar, muitas escolas fecham. Os alunos são “aglomerados”, …

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.