Domingo, Outubro 13, 2019
pt-ptende
Inicio | Portugal | Local | Semana Internacional de Caminhada

Semana Internacional de Caminhada

A 3ª Semana Internacional de Caminhada terá novamente lugar no final do ano, de sexta, dia 27, a segunda-feira, dia 30 de dezembro. Será um evento de apoio ao desenvolvimento do novo Jardim Botânico da ECO123, em Monchique.

Na caminhada dos cogumelos e das trufas iremos procurar, recolher e aprender a reconhecer estas duas iguarias. O percurso será ditado pelas condições climatéricas e pela natureza, dependendo do volume da pluviosidade. Será que iremos descobrir os deliciosos cantarelos, os parasol, os boletos ou os morchellas, os helvellas, os armilárias, os pleurotus, e, quem sabe, os lactários ou os agaricus?

Percurso: 8 km, dificuldade: moderada.

Espécies de árvore autóctones do Algarve: Nesta caminhada, que passa por oliveiras centenárias, iremos provar o azeite puro da região e aprender algumas coisas sobre a conservação das azeitonas, acabando por chegar ao Jardim Botânico de Monchique. Haverá uma introdução aos segredos da floresta, a esse mundo diverso e misterioso das árvores e plantas, cada uma com as suas características específicas, um mundo de frutos e sementes. No novo jardim botânico cada um dos participantes poderá escolher uma árvore e plantá-la. Todas as ferramentas necessárias serão colocadas à disposição.

Percurso: 6 km, dificuldade: fácil.

Plantas comestíveis e medicinais poderão ser encontradas à beira do caminho deste percurso pela montanha acima. Iremos identificar as plantas medicinais e comestíveis, falar sobre as suas aplicações, a sua preparação e o seu cultivo no jardim. Esta caminhada durará cerca de três a quatro horas num percurso de somente quatro a seis quilómetros. A diversidade botânica encontrada no caminho permitirá treinar a identificação das plantas e reativar o olfato. São plantas que crescem naturalmente e podem proteger a nossa saúde ou até curar maleitas corporais e espirituais.

Percurso: 6 km, dificuldade: fácil.

Na caminhada pelo trilho das fadas deixamos a aldeia e civilização para subir por uma floresta de castanheiros, sobreiros e eucaliptos. A “música” da água a correr irá subindo de intensidade durante o percurso, até que iremos chegar a um cenário marcado por árvores imponentes e junto a um ribeiro.

Percurso: 12 km, dificuldade: moderada.

Os traços geológicos da montanha vulcânica da Picota estão presentes em todo o cume, evidenciando todos os tipos de rocha existentes na serra de Monchique, especialmente o granito (Nepheline Syenite Intrusion). Esta caminhada termina na Fornalha, onde iremos analisar as formações de xisto.

Percurso: 13 km, dificuldade: moderada.

Monchique, um passeio em que iremos cruzar jardins e ruelas, passando também pela igreja. Iremos visitar os tradicionais fornos, os pontos centrais da vida desta cidade, o antigo lavadouro, até chegarmos à ruina do antigo convento e voltarmos por aquilo que resta de uma antiga floresta de sobreiros. Este percurso também passa por um dos mais antigos carvalhos (quercus canariensis) do concelho de Monchique.

Distância: 6 km, dificuldade: fácil.

  • Caminhadas temáticas: de 27 a 29 de dezembro;
  • Início: todos os dias, às 9 horas;
  • Duração: aprox. 4 horas;
  • Com guia, mantimentos, seguro.
  • Nas línguas: PT/GB/DE.

O Monchique-Mountain-Marathon – conforme ocorrido em anos anteriores – tornará a acontecer a 30 de dezembro; este ano, uma segunda-feira, um dia de trabalho entre o Natal e o Ano Novo. Esta maratona em caminhada pela montanha começa às 6 da manhã, junto à central de engarrafamento das Águas de Monchique, nas Caldas, e termina no mesmo local depois de percorridos os 42,6 km pela montanha. Esta maratona em ritmo de caminhada passa pelas freguesias de Monchique, Alferce e Marmelete. Este ano também poderá optar por uma meia maratona (21 km) e uma maratona completa. Ambos os percursos passam pelos cumes da Picota (776 m) e da Foia (902 m). A meia maratona termina na área de repouso do segundo cume. E segue, a partir daqui, até Casais, para finalmente terminar nas Caldas. No cume do Foia será servida uma sopa e oferecida uma reconfortante massagem aos pés e aos gêmeos.

Informação adicional para a meia maratona:

Cada um dos participantes receberá um saco azul, que não servirá para colocar dinheiro da fuga ao fisco, mas sim, para recolher o lixo que encontra pelo caminho. Quem tiver recolhido o maior volume de lixo em quilos e o entregar no cume da Foia ganha esta prova. Na meta haverá um artista que, com o material recolhido, irá fazer uma escultura, que será depois leiloada. O valor arrecadado irá servir para o desenvolvimento do novo Jardim Botânico das Caldas de Monchique.

Informação adicional para a maratona:

Para poder participar nesta maratona de mais de 42,6 km deverá trazer uma câmara fotográfica digital, um mapa, um bloco de notas e uma caneta. O objetivo desta maratona é o mapeamento e a listagem das diversas espécies autóctones de árvores e arbustos durante a caminhada. Esta caminhada tem como objetivo descobrir quantas das espécies autóctones de Monchique se mantêm após os incêndios. É recomendável ter alguns conhecimentos sobre as plantas e uma boa resistência de caminhada. Quem descobrir e mapear o maior número de espécies ganha a maratona. Propomos que os participantes se agrupem a dois ou mais, para terem mais facilidade nesta tarefa. Todos os prémios do Monchique Mountain Marathon do ano de 2019 são amigos do ambiente e da natureza.

Todos os que não quiserem recolher lixo ou não quiserem mapear e fotografar árvores também são bem-vindos a participar nestas caminhadas.

A inscrição inclui o acompanhamento, mantimentos, bebidas, fruta e seguro, etc.
inscrição earlybird online em: www.monchique-mountain-marathon.org
Inscrição por email: info@eco123.info
Inscrição por telefone: (+351) 926 600 099

Check Also

projeto 270

Projecto 270

Da agricultura biológica ao desenvolvimento sustentável é um pequeno passo O Projecto 270 podia ser …

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.