Segunda-feira, Junho 1, 2020
pt-ptende
Home | Ecologia

Ecologia

Introdução – Podíamos ser heróis, só por um ano…

A proteção do clima é uma questão de formação, conhecimento e atitude consequente A nossa história começa pela informação de como se pode, concretamente e consequentemente, abandonar as energias do carvão, do gás e do petróleo, para passar de forma prática para a energias renováveis obtidas através do sol, vento ou água. Apresente soluções em vez de provocar o pânico! Trata-se também, concretamente, de usar menos recursos e reutilizar os recursos aplicados. Em 2011, antes até do lançamento da primeira revista ECO123, investimos em duas centrais fotovoltaicas de 40 painéis. Sigam o nosso exemplo! Com esse investimento, iniciámos a produção …

Read More »

Aviso ao investidor

A Universidade de Aveiro (UA) avisa que, futuramente, em Portugal e especialmente no interior, devido ao fenómeno das alterações climáticas, a água das chuvas se irá reduzir em 30 %. Paula Quinteiro é a investigadora do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) que dirige esta pesquisa, e apela a quem tem responsabilidades políticas na matéria para que fomente um aproveitamento das águas da chuva mais eficaz. Aconselha a reter maiores quantidades de água da chuva em cisternas e outras formas de armazenamento, e ao gasto mais ponderado, poupado e sustentável. Os resultados da pesquisa ligada ao projeto …

Read More »

Theodor W. Adorno: Não há nada de certo no errado

Desde há algumas décadas que o turismo tem vindo a ganhar uma dimensão cada vez maior na sociedade e com um impacto associado nas regiões turísticas mais visitadas. Inicialmente devido à melhoria das condições laborais e sociais, atualmente pela facilidade de acessibilidade e mobilidade. Será que o turismo pode ser sustentável ou contribuir para a sustentabilidade? João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), instituição que celebra o 50º aniversário em 2020, acredita que sim e justifica porquê. Mas será que ainda vamos a tempo? O rápido crescimento da procura turística está a superar as tecnologias da descarbonização. …

Read More »

Podíamos ser heróis, só por um ano…

A humanidade enfrenta uma das suas maiores crises. A origem encontra-se numa pequena molécula: o dióxido de carbono. Trata-se de um gás que não tem muita concentração na atmosfera, mas cujo efeito é enorme. Através dele estamos a provocar o aquecimento do nosso planeta, porque estamos permanentemente a queimar gasolina, diesel, carvão, gás e outros combustíveis fósseis, emitindo CO2, muito CO2, toneladas a mais. A ECO123 escreve hoje sobre a crise climática, uma crise que consideramos ser o maior dos desafios e que exige uma solução e ação. Como podemos consegui-lo?   Não vale a pena estar com rodeios: dos …

Read More »

Reserva natural destruída por plantação de abacate

Clive Viney é coautor (com Ray Tipper) do livro “Algarve Wildlife the natural year”. Sendo amante da Natureza e residente em Tavira há anos, está muito preocupado com a erosão e a destruição que tem observado na reserva natural junto a Castro Marim. Parte da reserva foi transformada numa plantação de abacate, “a plantação da moda”. Clive Niney pediu explicações ao ICNF, à SPEA e a outras entidades. As suas ações fizeram com que a Direção Geral do Ambiente da Comissão Europeia se interessasse e investigasse se a plantação de inúmeros abacateiros na reserva violou alguma diretiva europeia. Ele questiona-se, …

Read More »

Salgados

A pessoas são de memória curta. Mal notam alterações lentas, até porque estão sempre a mudar de lugar, sem observar um local regularmente com atenção. O reconhecimento do valor da Natureza sofre com esse défice da consciência humana. As pessoas vivem cada vez mais em meio urbano, em permanente desassossego, um espaço e um tempo que eclipsa a Natureza. Na segurança enganadora da cidade, a Natureza é usada meramente para fins decorativos. Uma árvore aqui e uma avenida acolá, locais de paz e refúgio aparentes como o Central Park em Nova Iorque e o Jardim Botânico em Lisboa. O que …

Read More »

Faça você mesmo e evite o lixo

Hoje vou focar-me na higiene oral e na limpeza da cozinha e da casa de banho. Quando compro pasta de dentes esta vem quase sempre numa caixinha de cartão, para além do tubo, o que me incomoda. Por que razão duplicar os custos de embalagem e o lixo? E será necessário o plástico? Produzo um sal muito prático para a higiene oral, e coloco-o num frasquinho usado, mas bem limpo, que assim é reutilizado e escusa de ir parar ao vidrão. Qualquer que seja a embalagem que venha a usar para colocar o seu sal de higiene oral, esta pode …

Read More »
herbicidas

Porque não sabem o que fazem

As imagens não deixam dúvidas. Dois funcionários da Câmara Municipal de Monchique estão a aplicar herbicida nos passeios públicos. Os dois homens devem saber que estão a fazer algo de perigoso, porque estão a usar um fato protetor integral, máscara e luvas. Protegem-se a si mesmos, mas quem é que protege as pessoas, as plantas e os animais? Quando lhes perguntei se sabiam o que estavam a fazer, começaram a gesticular para eu me afastar. – Vá-se embora! Diziam. Mas eu fiquei. Alguns minutos a seguir, uma mãe passa com um carrinho de bebé, exatamente no mesmo local. Há gatos, …

Read More »
Mais um Festival

Mais um Festival

Quem tem uma ideia original ou quer chamar a atenção do público para um determinado produto, organiza um festival. É típico cá pelos nossos lados. Fazem-se festivais de cerveja, vinho, laranjas ou medronho, observação de aves, presunto, enchidos ou doçaria. É um festival após outro pelo ano todo. Também lhe poderíamos chamar feira, arraial ou circo. A realidade é que, este ano, a V edição do Walking Festival Ameixial (WFA) se realiza entre sexta-feira, dia 28 de abril, e segunda-feira, dia 1 de maio, em Loulé, no Algarve. Trata-se de uma boa promoção para o turismo diferenciador do interior do …

Read More »

O que levo na minha caminhada?

Via Algarviana GR13 Caminhar significa o retorno às nossas raízes, à nossa vida original e ao nosso próprio ritmo. Na caminhada aguçam-se os pensamentos. Os nossos sentidos despertam e sentem, vêem, cheiram, escutam e saboreiam a natureza. Esta antiga rota peregrina de São Vicente tem cerca de 330 quilómetros. Para a percorrer por completo são necessários 14 a 15 dias de caminhada. Uma boa mochila com bagagem não superior a dez quilos, no caso dos homens. É essencial levar umas calças compridas e umas calças curtas, duas camisas, uma blusa, dois pares de meias antiderrapantes de lã/linho e calçado respirável, …

Read More »