Segunda-feira, Abril 6, 2020
pt-ptende
Inicio | Portugal | Reportagem

Reportagem

Introdução – Podíamos ser heróis, só por um ano…

A proteção do clima é uma questão de formação, conhecimento e atitude consequente A nossa história começa pela informação de como se pode, concretamente e consequentemente, abandonar as energias do carvão, do gás e do petróleo, para passar de forma prática para a energias renováveis obtidas através do sol, vento ou água. Apresente soluções em vez de provocar o pânico! Trata-se também, concretamente, de usar menos recursos e reutilizar os recursos aplicados. Em 2011, antes até do lançamento da primeira revista ECO123, investimos em duas centrais fotovoltaicas de 40 painéis. Sigam o nosso exemplo! Com esse investimento, iniciámos a produção …

Leia mais »

Ainda estão vivas algumas pérolas do colar

Algarve: É fotógrafo, preza o tempo e sente o Algarve como uma filigrana. Chama-se Filipe da Palma. O que o move, confessa, é sair para fotografar… e sentir. “Isso é alimentar o lado mais profundo que há em mim, é o que me mantem são.” Fá-lo porque sente uma necessidade de partilhar o belo, mas também o feio, algo entre a identidade e o real: “gosto de mostrar também esse Algarve em ferida, as cicatrizes e pequenos tumores espalhados ao longo do território.” Com um olhar muito lúcido sobre a riqueza patrimonial e cultural da região, Filipe da Palma guarda …

Leia mais »

Podíamos ser heróis, só por um ano…

A humanidade enfrenta uma das suas maiores crises. A origem encontra-se numa pequena molécula: o dióxido de carbono. Trata-se de um gás que não tem muita concentração na atmosfera, mas cujo efeito é enorme. Através dele estamos a provocar o aquecimento do nosso planeta, porque estamos permanentemente a queimar gasolina, diesel, carvão, gás e outros combustíveis fósseis, emitindo CO2, muito CO2, toneladas a mais. A ECO123 escreve hoje sobre a crise climática, uma crise que consideramos ser o maior dos desafios e que exige uma solução e ação. Como podemos consegui-lo?   Não vale a pena estar com rodeios: dos …

Leia mais »

Salgados

A pessoas são de memória curta. Mal notam alterações lentas, até porque estão sempre a mudar de lugar, sem observar um local regularmente com atenção. O reconhecimento do valor da Natureza sofre com esse défice da consciência humana. As pessoas vivem cada vez mais em meio urbano, em permanente desassossego, um espaço e um tempo que eclipsa a Natureza. Na segurança enganadora da cidade, a Natureza é usada meramente para fins decorativos. Uma árvore aqui e uma avenida acolá, locais de paz e refúgio aparentes como o Central Park em Nova Iorque e o Jardim Botânico em Lisboa. O que …

Leia mais »

Semear água…

… é uma expressão antiga da língua portuguesa ligada à agricultura tradicional. Um agricultor nunca usa inseticidas, pesticidas e fungicidas, esses químicos venenosos, para matar insetos, ervas e fungos. Vive com eles, já que cada ser vivo tem o seu lugar no campo e na floresta, e a água da chuva infiltra-se para tornar o solo fértil e saudável. A água, assim, é travada para não escorrer diretamente pela encosta até ao ribeiro, e penetra no solo para lhe dar vida e permitir o crescimento na horta. A ECO123 visitou Carlos Fernandes (46), um dos agricultores mais jovens nas serras …

Leia mais »

O monopolista

Sem ela nada funciona. E já é assim desde 1976. É um negócio de milhões. Só quem lá está dentro é que sabe mesmo o que lá se passa. É um dos grandes negócios que ainda são muito lucrativos e em que o Estado e os Governos, seja qual for a cor, continuam a ter a última palavra, e onde, até há bem pouco tempo, ainda era o Estado ele próprio que arrecadava os lucros. Tornou-se uma droga legal, a eletricidade. O negócio da eletricidade em Portugal esteve demasiado tempo monopolizado. A permissão para a venda de eletricidade permite acumular …

Leia mais »

O futuro da energia solar em Portugal

Como investigador para a gestão da transição energética, em 2016, fiquei admirado com a lentidão do crescimento do setor da energia solar em Portugal apesar do enorme potencial que o país tem. Elaborei um projeto de pesquisa sobre este assunto, focado nas condicionantes financeiras, e obtive o apoio do Centro para a Mudança Climática e Energética da Noruega (Centre for Climate and Energy Transformation), onde tenho a sorte de poder investigar este e outros assuntos similares juntamente com colegas fantásticos. Entre 2017 e 2019, estive cerca de cinco meses em Portugal para investigar projetos na área da energia solar em …

Leia mais »

FF Solar Suplemento

Ficheiro para descarregar

Leia mais »
Kyoto

Kyoto

Quer saber quanto CO2 lança para a atmosfera durante um ano? Não? Prefere não saber? Então pertence àquela maioria que não tem mesmo tempo, ou que evoca não ter tempo, ou que diz viajar tanto de avião que, por isso, nem fará sentido participar neste teste. Está em boa companhia. A maior parte dos leitores – a maior parte das pessoas na nossa sociedade – a maior parte dos seres humanos – não é muito corajosa quando se trata de enfrentar o Futuro. Quase todas as pessoas com que falei, e foram algumas centenas, tinham mais que fazer do que …

Leia mais »
O sonho de uma aldeia solar

O sonho de uma aldeia solar

A lei limita os passos. Mas a mudança está em marcha, e as comunidades querem estar na linha da frente da transição energética. Na freguesia de São Luís pode estar a nascer a primeira comunidade de energias renováveis em Portugal. O sol de início de verão brilha sobre seis novos painéis solares, nos telhados de moradores de São Luís, em Odemira. Por esta pacata aldeia do sudoeste, o slogan “Power to the people!” anda a ser tomado à letra. “Vivemos num mercado muito paternalista. Vai haver uma grande mudança na distribuição de energia elétrica em Portugal. São Luís quer estar …

Leia mais »