Quinta-feira, Setembro 20, 2018
pt-ptende
Inicio | Notícias

Notícias

formação

Transmitir com sentido prático

Foi com o pôr as mãos na terra que se iniciaram muitas das histórias de sucesso na agricultura. No Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património (CEARTE), com sede em Coimbra, também se procura transmitir conhecimentos práticos. Para além do artesanato, o CEARTE oferece formação em agricultura biológica. Técnicas de cultivo do antigamente é o título que o formador Joaquim da Silva (45), dá às suas 50 horas de formação. Ensina a preparar e manter a terra fértil, sem recurso a qualquer produto químico. Os participantes aprendem o que significa uma criação animal de acordo com as necessidades …

Leia mais »
plantas

As plantas do nosso caminho

Quando fazemos um passeio pelo campo estamos longe do valor das imensas plantas que habitam o solo. Para além da sua beleza, elas podem acompanhar a viagem que é a nossa vida, protegendo a saúde, curando o corpo e a mente em períodos de convalescença. A cada ano que passa descobrem-se 2.000 novas plantas. São usadas na medicina, na alimentação, no ambiente, nas roupas, em biocombustíveis e na confeção de venenos. Atualmente são perto de 5.500 as plantas utilizadas para consumo humano. Um pequeno passeio de quatro quilómetros no coração de Monchique com a especialista em plantas silvestres, Fernanda Botelho, …

Leia mais »

“Ser artesão é uma profissão com futuro”

Barro, palma, cana, verga, cortiça, madeira e linho, palavras da terra, que falam das raízes de um povo e transformam vidas. Acrescentam-lhe valor. As artes estão a morrer, mas ainda há pessoas que unem esforços para que este coração continue a bater. É desta matéria que é feito o projeto Técnicas Ancestrais, Soluções Atuais (TASA)! Designers, marketeers e artesãos trabalham em torno de um bem comum: a arte com as mãos. Mas a peça de artesanato está longe do seu papel decorativo ou massificado e transformou-se em algo útil, de uso quotidiano, e esteticamente belo. Ser artesão pode ser uma …

Leia mais »
Sementes Vivas

Terra à vista

Produtos alimentares biológicos de sementes biológicas A Criação oferece-nos uma Natureza cheia de diversidade, mas qual é a nossa postura perante ela? A ECO123 visitou a sociedade anónima Sementes Vivas SA, fundada há três anos em Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, perto da fronteira com Espanha, para obter uma resposta concreta a esta questão. A “Sementes Vivas” é uma equipa multicultural de 30 jovens, empenhados e com o objetivo de multiplicar sementes de espécies tradicionais em agricultura biológica e biodinâmica, destinadas a quem queira vir a ser ou já é jardineiro ou agricultor com atitude ecológica. Foi assim que …

Leia mais »
Keystone XL Pipeline, High Pressure Oil Pipeline

Em caso de emergência ligue 1-800-447-8066

Keystone XL Pipeline, High Pressure Oil Pipeline Uma fuga no oleoduto Keystone XL nos EUA provocou o derrame de quase 800.000 litros de petróleo. O comunicado foi feito na quinta-feira, dia 16 de novembro, pela empresa exploradora, a Trans-Canada. Segundo indicações das entidades ambientais da região, o derrame de petróleo subterrâneo foi no estado do Dakota do Sul… Este comunicado foi publicado pelo New York Times, Público, The Guardian britânico e pela FAZ alemã, entre outros, um dia depois da catástrofe ambiental ter ocorrido. Foi uma das aproximadamente 2.000 notícias diárias que conseguiu chegar às páginas dos jornais. Que valor …

Leia mais »
Um passo de cada vez - David Littlewood

Um passo de cada vez

Há 17 anos que David Littlewood percorre os caminhos do interior algarvio. Por vezes a sós, e outras vezes com os “Algarve Wednesday Walkers” (AWW). A ECO123 conversou com ele em São Brás de Alportel, sob um céu cinzento, e perguntou-lhe se a sua motivação para a caminhada reside num processo meditativo. A sua resposta fundamentou-se na constituição do ser humano, “Não, trata-se somente de dar um passo de cada vez, e se estivermos em grupo, há muita conversa”. David explica-nos que quando começou com as caminhadas no Algarve só havia basicamente um livro sobre percursos pedestres, e mesmo esse …

Leia mais »
O Caminho das Ervas Aromáticas

O Caminho das Ervas Aromáticas
caminhadas e encontros

As caminhadas sensoriais para a descoberta das ervas aromáticas, este outono vão centrar-se nos percursos pelo Algarve. Estão planeados dois passeios pelo campo para melhorar os conhecimentos sobre as flores e ervas, um nos trilhos sobre as falésias, e outro na Serra de Monchique, banhada pelas suas fontes de água fresca. Maureen Robertson e o seu parceiro José Melo propõem a locais e estrangeiros um abrandar do ritmo de vida englobado no processo de um caminhar consciente, para observar, tocar e respirar o mundo das plantas e ervas aromáticas nativas. Maureen Robertson pratica medicina natural inspirada em Goethe, e é …

Leia mais »
Mais um Festival

Mais um Festival

Quem tem uma ideia original ou quer chamar a atenção do público para um determinado produto, organiza um festival. É típico cá pelos nossos lados. Fazem-se festivais de cerveja, vinho, laranjas ou medronho, observação de aves, presunto, enchidos ou doçaria. É um festival após outro pelo ano todo. Também lhe poderíamos chamar feira, arraial ou circo. A realidade é que, este ano, a V edição do Walking Festival Ameixial (WFA) se realiza entre sexta-feira, dia 28 de abril, e segunda-feira, dia 1 de maio, em Loulé, no Algarve. Trata-se de uma boa promoção para o turismo diferenciador do interior do …

Leia mais »

Grão-de-bico pela sala?

O sentido de responsabilidade individual no futuro terá um papel cada vez mais importante no combate às alterações climáticas. Estão os consumidores a evitar o lixo já na fonte, ao fazerem compras? Produzem ou compram eletricidade de energias renováveis? Vão de férias de comboio, de carro ou de avião, ou ficam em casa? Por exemplo: para leitores desta revista, uma estadia de quinze dias para fazer caminhadas em Portugal custa 1.590 euros por participante. O preço inclui todas as dormidas, três refeições diárias, todos os guias, seguros contra acidentes e transferes, mas exclui a viagem de e para o país …

Leia mais »

Habita Jovem

Vitor Carlos da Silva Maio O programa chama-se “Habita Jovem” e apoia financeiramente jovens proprietários que queiram restaurar corretamente as ruínas de Monchique. Vitor Carlos da Silva Maio tem 33 anos de idade, e a sua casa antiga, agora nova, está quase concluída. Trabalha arduamente na restauração da mesma desde 2011: construiu um telhado novo, isolou as paredes de forma profissional, entregou os trabalhos da renovação de toda a rede elétrica e de águas a especialistas, encomendou novas portas e janelas, colocou chão novo, e muitas coisas mais. Também já sabe que irá habitar a sua antiga casa, agora nova …

Leia mais »