Sábado, Novembro 23, 2019
pt-ptende
Inicio | Notícias

Notícias

O futuro da energia solar em Portugal

Como investigador para a gestão da transição energética, em 2016, fiquei admirado com a lentidão do crescimento do setor da energia solar em Portugal apesar do enorme potencial que o país tem. Elaborei um projeto de pesquisa sobre este assunto, focado nas condicionantes financeiras, e obtive o apoio do Centro para a Mudança Climática e Energética da Noruega (Centre for Climate and Energy Transformation), onde tenho a sorte de poder investigar este e outros assuntos similares juntamente com colegas fantásticos. Entre 2017 e 2019, estive cerca de cinco meses em Portugal para investigar projetos na área da energia solar em …

Leia mais »

A última palavra

E, para terminar, mais boas notícias. António da Encarnação tem 81 anos de idade, é de Monchique e já assistiu a muitos incêndios florestais durante a sua longa vida. Em 2018, perdeu a sua casa e muitos castanheiros e sobreiros; em 2016 perdeu a sua outra casa. Mas nunca perdeu o ânimo e a boa disposição. Tem trabalhado toda a vida como agricultor, cultivando nos seus campos alimento para si e muitas outras pessoas. A qualidade dos seus produtos, que ainda produz apesar da idade e de ter tido um AVC, é conhecida e reconhecida para além das fronteiras do …

Leia mais »

Maçãs da Nova-Zelândia, abacates de Portugal, bife do Brasil

Lisboa/Berlim. As cidades são determinantes para que a alteração climática seja travada ou até mesmo evitada. O transporte de longa distância de produtos alimentares provoca muitas emissões de CO2. A utilização dos recursos locais pode reduzir essas emissões. Milhões de toneladas de alimentos são transportados todos os anos para as nossas cidades. Esse transporte traz alimentos de todo o mundo, que partem por estrada, via férrea ou por mar e provocam quantidades gigantescas de emissões. Uma equipa de cientistas do Instituto para Estudos Climáticos de Potsdam (Alemanha) fez, pela primeira vez, um estudo sobre as potencialidades da produção alimentar local …

Leia mais »

Monchique, com Futuro

As coisas levam tempo a mais. Quem não tinha um seguro contra incêndio quando, no ano passado, em agosto, o fogo reduziu a cinzas a floresta e 71 habitações, hoje em dia tem que ter uma paciência de santo. Há quem, em Monchique, se veja realmente posto à prova. Só houve três casas que, entretanto, têm a aprovação do seguro para serem reconstruídas. As restantes dependem do programa do Governo – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU). Será concretizado? A maior parte das vítimas sentem-se duplamente massacradas e discriminadas pela burocracia de todo o processo. Estas têm que …

Leia mais »
Faz-se luz

Faz-se luz?

Comunidades energéticas querem emergir em Portugal “Como posso produzir energia coletivamente? Não podes, porque a lei não te permite.” Os entraves legais em Portugal relativamente à autonomia e descentralização energética vieram à tona durante o workshop BEACON, em Setúbal. Exemplos de projetos e de comunidades energéticas trazidos das cidades gregas e alemãs seriam ilegais em Portugal. Enquanto se soltam as vozes para que a lei mude, surgem já iniciativas que apontam para um futuro mais ecológico e comunitário. “Os cidadãos devem deter a sua rede local”, defendeu Ana Rita Antunes. É uma das três mulheres que compõem o staff da …

Leia mais »
Pão e circo para o povo

Pão e circo para o povo

Lavrar o Mar, o ambicioso projeto cultural dos encenadores Madalena Victorino e Giacomo Scalisi, vai iniciar a sua terceira temporada. É Pão e Circo para o povo da Costa Vicentina, em Aljezur, e da serra, em Monchique, fustigada pelos incêndios. A programação foi apresentada à imprensa – não por Manuel Marreiros e José Amarelinho, que foram depostos dos seus cargos pelos Tribunais pelos crimes de corrupção e peculato – mas sim pelo novo Presidente da Câmara de Aljezur, José Gonçalves, e pelo Presidente da Câmara de Monchique, Rui André. A temporada deste projeto subsidiado pelo programa “Algarve365” foi aberta com …

Leia mais »
Espírito, corpo e alma em sintonia

Espírito, corpo e alma em sintonia

Entre quinta-feira, dia 27 e sábado, dia 29 de dezembro, a semana internacional de caminhada 2018 oferece diferentes caminhadas temáticas com guia. Entre o Natal e o Ano Novo, os amantes da Natureza terão a oportunidade de conhecer as paisagens da serra algarvia em sete trilhos de várias distâncias. A pé, todos os sentidos estão presentes para conhecer Monchique: as montanhas com os seus ribeiros, moinhos e cascatas, as florestas de sobreiros e castanheiros ancestrais; as plantas selvagens e aromáticas comestíveis, iguarias locais e especialidades, como o pão, o presunto e o chouriço, e claro, os frutos, doces e bolos …

Leia mais »
ZERO EMISSÕES na AveiroBus?

ZERO EMISSÕES na AveiroBus?

Infelizmente, nada de novo no que respeita aos comboios. O ano está quase no fim e quem compra o seu bilhete de comboio da Covilhã para a Guarda (60 km) online, em www.cp.pt, tem que passar pelo Entroncamento e Coimbra B, fazendo um desvio de mais de 500 km, só porque, desde 2009, há uma ponte em Belmonte em risco de ruir. Mais vale ir de bicicleta. Será que já não há operários na CP que possam reparar uma ponte para que o comboio possa voltar a circular? Apesar de ter sido anunciado há dez anos, também esta linha de …

Leia mais »
Incentivos do Estado para bicicletas elétricas?

Incentivos do Estado para bicicletas elétricas?

Paulatinamente, novas opções para a mobilidade ganham velocidade. O PAN reconheceu que o Estado deve promover a compra de bicicletas elétricas com um incentivo de 20% até ao máximo de 200 euros em 2019. O único deputado deste pequeno, mas eficiente, partido no Parlamento em Lisboa, André Silva, revelou-nos que quer tomar a Suécia como exemplo, onde, em 2017, foram investidos 34 milhões de euros no incentivo à compra de bicicletas, e irá prolongar este projeto durante três anos. A França, a Áustria, a Itália e a Suíça também oferecem incentivos à compra de bicicletas elétricas. Em Espanha, esta opção …

Leia mais »

“Ser artesão é uma profissão com futuro”

Barro, palma, cana, verga, cortiça, madeira e linho, palavras da terra, que falam das raízes de um povo e transformam vidas. Acrescentam-lhe valor. As artes estão a morrer, mas ainda há pessoas que unem esforços para que este coração continue a bater. É desta matéria que é feito o projeto Técnicas Ancestrais, Soluções Atuais (TASA)! Designers, marketeers e artesãos trabalham em torno de um bem comum: a arte com as mãos. Mas a peça de artesanato está longe do seu papel decorativo ou massificado e transformou-se em algo útil, de uso quotidiano, e esteticamente belo. Ser artesão pode ser uma …

Leia mais »