Domingo, Fevereiro 18, 2018
pt-ptende
Inicio | Opinião | Última Palavra

Última Palavra

Aprender a amar

Aprender a amar

Se o amor é o sentido último do Universo, então deveríamos finalmente investir na aprendizagem do amor. Sim, verdadeiramente aprender! Certamente que nascemos todos com um coração que tem todas as potencialidades necessárias para o amor. Mas também nascemos com dez dedos ágeis, o que ainda não faz de nós virtuosos ao piano. Antes pelo contrário: para além da nossa capacidade de amar na escola não ser fomentada, ela até nos é retirada sistematicamente, logo desde a escola primária. A minha história serve meramente de exemplo. O jardim de infância foi um verdadeiro horror. De repente estava entre estranhos, longe …

Leia mais »
Aprender a amar

A última palavra

Caminhar na Natureza é um dos exercícios físicos mais simples que temos ao nosso dispor. Os nossos músculos e o nosso sistema nervoso são incrivelmente aliviados por esse movimento há tanto tempo praticado pela nossa espécie. Andar a pé é um exercício primordial caído no esquecimento. Quando nos erguemos e tornámos bípedes, tivemos a necessidade de usar mais movimento em espiral para apoiar o andar, a fala, e evitar a queda desta “torre gregária”. Comparativamente a um cão, temos muito mais músculos para rodar o nosso corpo. O grupo muscular do manguito rotador adora o balançar rítmico do caminhar e …

Leia mais »
Aprender a amar

Pedrógão Grande

Relembrar. O que iremos relembrar do fim de semana de 17 e 18 de junho de 2017 daqui a um ano, daqui a dois anos, daqui a dez anos, ou seja, em 2027? O que iremos mudar nas nossas vidas nesse espaço de tempo e o que iremos querer perante as horríveis imagens e as muitas vítimas dos incêndios florestais? Porque até hoje o que ardia todos os anos era a floresta, a fauna, a Natureza – e essas, como sabemos, não conseguem falar. A Natureza não tem lobby. Qual será a próxima questão? Qual será o próximo tema? A …

Leia mais »
Aprender a amar

O rugido do Leão!

Este outono, irá novamente haver eleições na minha aldeia para a escolha do Presidente da Câmara. Há quase sete anos (4+3) que a oposição está num estado de hibernação. Chegada a hora das eleições, acordou. Já nem estava a contar com o despertar dela, de tão profundo sono. Quem quer que governe uma aldeia, não tem a vida fácil com uma oposição sonolenta e desaparecida. Quando ouvi que pretendiam voltar à luta, enfrentando o Presidente da Câmara, fui à Assembleia Municipal. A sala do plenário estava completamente lotada. Às 21h30 estavam presentes oito membros socialistas (PS), um comunista (CDU) e …

Leia mais »
Aprender a amar

Quioto. Paris. Marraquexe.

Se quisermos proporcionar às gerações futuras uma vida minimamente boa, iremos necessitar com brevidade de um sistema fiscal novo e moderno que possibilite uma vida sustentável. Tem que ser fácil de compreender e mais justo do que o atual, promover uma atitude ecológica e tornar a exploração excessiva de recursos naturais pouco atrativa. Tem que ter como meta conjugar a proteção do meio ambiente e a justiça social. Isso poderia ser possível se cada cidadão recebesse uma conta fiscal com um saldo para a vida sustentável. E funcionaria da seguinte forma: no dia 1 de janeiro de cada ano creditar-se-ia …

Leia mais »
Aprender a amar

O que é ser ECO?

ECO é a busca do sentido das coisas. É este o simples assunto que a Volkswagen AG se deveria colocar no momento da crise mais profunda da sua história, em que o pensamento e a forma de agir lineares destroem a economia. As coisas não podem continuar assim infinitamente. Provavelmente, o reconhecimento deste facto irá custar o emprego a milhões de pessoas. E as multas de milhões de euros também não conseguem esconder que todo o setor automóvel se encontra num beco sem saída, e há problemas por resolver. Pagam-se as multas, e depois? Esse dinheiro poderia ser investido de …

Leia mais »
Aprender a amar

O que é ser ECO?

A palavra vem de muito longe, mas para nós que a olhamos de perto, podemos dizer que o conceito só se popularizou nos anos sessenta do século XX, quando os jovens deixaram os cabelos descerem até à cintura, e vibraram o slogan de que só o natural seria bom. Make Love not War era então uma sigla universal, e a ideia de que se nos abandonássemos à Natureza iríamos ser salvos, afigurava-se um sonho alcançável. Um belo sonho que foi mentira. Bem pelo contrário, a civilização acelerou o confronto com a natureza, manteve em alta os conflitos humanos, e ECO …

Leia mais »
última palavra

O que é ser ECO?

PT ECO é o prefixo duma família de palavras, incluindo ecologia, ecossistema, ecológico, ecologista e outros. Eco vem do grego oikos (casa). Oikos deu origem à palavra Ökologie, introduzida na língua alemã no século XIX, tendo passado para a língua inglesa como Ecology, e propagada na maior parte das línguas Europeias com uma fonética semelhante à palavra alemã ou inglesa. Oikos, “casa”, é uma excelente metáfora para o ambiente: Ecologia (“Eco” + “logia”) é “o estudo das interações entre os organismos vivos e o ambiente em que vivem” ou “o conjunto das interações dum organismo particular com o seu ambiente”. …

Leia mais »
última palavra

Dá-nos instruções para voar com a palavra ECO?

O termo é da mitologia grega. Depois é um termo que entre num percurso ecologico, político, economico, cultural e da cidadania. É um termo transversal que tem vários universus da vivência humana. O pensamento pode voar com esta palavra para zonas muito interessantes. A substancia do discurso propriamente dito chegaria a toda actividade humana. É evidente que a gente não percebe isso. É não e uma coisa nova. A predominância do termo faz parte do léxico e da muita gente. Faz me lembrar na carta do chefe índio Seattle que escreveu ao grande chefe branco de Washington, Franklin Pierce, justamente …

Leia mais »
última palavra

O que é que signifique o ECO para o Frankie Chavez?

Identifico esta palavra, em primeiro lugar, com a ecologia. Tenho dois filhos e muitas vezes preocupa-me o que terão eles aos 36 anos de idade. Significa também reciclagem e a luta contra a poluição. Como artistas tocamos instrumentos e, ao comprar novos, ou nos concertos, não pensamos em reciclar os que temos. Obviamente a economia também tem o seu papel. Precisamos de viver. Mas acho que a economia se deve juntar à ecologia. Ambas podem ser combinadas, numa lógica local: usar energias alternativas, viver de modo mais sustentável. As empresas, hoje em dia, voltam a pensar localmente. Mas juntar as …

Leia mais »