Segunda-feira, Abril 24, 2017
pt-ptende
Inicio | Notícias | BEQ | a energia do Algarve também se come

BEQ | a energia do Algarve também se come

Figo, alfarroba, amêndoa, mel e flor de sal, são os ingredientes da Barra Energética de Querença (BEQ) 100% natural, feita à base de produtos do barrocal algarvio e que surge em duas versões: para desportistas e para público geral e crianças.

BEQ_2A Barra Energética de Querença (BEQ) surgiu numa pareceria entre o Projeto Querença e a Universidade do Algarve com o objectivo de levar jovens licenciados para o interior do concelho de Loulé, para desenvolver novas ideias e valorizar os recursos naturais da região.

“A ideia é usar os produtos endógenos mas também dinamizar a cultura de sequeiro, o figo, alfarroba e amêndoa”, refere Bruno Rodrigues, da Associação Algarve Trail Running, um dos responsáveis do projecto que vê com satisfação “as pessoas da serra e do barrocal algarvio perguntarem-nos se precisamos de fornecedores. Estamos a contribuir para que mantenham a produção em vez de abandonarem os terrenos ou deixarem os frutos nas árvores”, salienta com orgulho. A BEQ foi desenvolvida pelo engenheiro alimentar Romilson Brito, testada em atletas de competição e possui um baixo nível calórico “de 100 calorias boas”.

Este snack com sabor ao Algarve começou a ser comercializado no ano passado e segundo Bruno Rodrigues “o objectivo é crescer devagar para manter a qualidade do produto, não usamos amêndoa da Califórnia ou figo da Turquia, à excepção de arroz tufado que não temos, só usamos ingredientes algarvios e quando acabar o produto nós paramos a produção. Faz parte do projeto. Houve pessoas que tinham a cultura quase ao abandono e estão a reactivar para nosso fornecimento, por isso chamamos às nossas barras: a energia do Algarve”.

BEQ_4

BEQ_informacaonutricional-01

Check Also

Greenpeace na Conferência Digital re:publica

Volker Gassner (l-r), porta-voz do Greenpeace da Alemanha, Jürgen Knirsch, especialista em comércio, e Stefan …

Deixar uma resposta