Sexta-feira, Julho 3, 2020
pt-ptende
Home | Short Stories | Nº 38 – Cada vez mais, cada vez mais rápido, cada vez mais longe?

Nº 38 – Cada vez mais, cada vez mais rápido, cada vez mais longe?

Sábado, dia 6 de Junho de 2020

de Uwe Heitkamp

Considere os seguintes factos. Devido às alterações climáticas, há vários anos que chove cada vez menos no Sul de Portugal, uma precipitação insuficiente para abastecer anualmente dez milhões ou mais de turistas. A precipitação anual situa-se atualmente entre os 350 e os 400 mm. Nos últimos três invernos, choveu tão pouco que os reservatórios de água, as sete barragens de Odeleite, Beliche, Arade, Silves, Odelouca, Bravura e Santa Clara ficaram, em média, com apenas 22% da sua ocupação completa. As barragens elevam-se sobre o solo e os reservatórios estão quase vazios. Em outubro passado, o reservatório do Beliche estava completamente vazio. Você poderia deslocar-se de uma margem para a outra.

E se…
a Agência Portuguesa do Ambiente (Ministério do Ambiente, APA) e a Águas do Algarve, SA informassem a Região de Turismo do Algarve (RTA) e a AMAL, associação composta pelos 16 municípios algarvios, hoje, 6 de junho, que este ano, a partir do início de julho, não seria permitida a entrada de turistas no país, tanto mais que o abastecimento de água já não é suficiente? O Aeroporto de Faro seria encerrado pela segunda vez este ano, a partir de 15 de julho.

Mesmo que a água seja drasticamente racionada, a população local só pode ser abastecida com água da cidade, todos os dias, entre as 18 e as 19 horas. A escassez aguda de água no sul de Portugal é uma linha vermelha que já foi ultrapassada, alertou o deputado socialdemocrata da Assembleia da República, José Vitorino, em janeiro passado, numa palestra pública que teve lugar em Lagos.

Que tipo de sistema económico é o que criámos para nós próprios e em que vivemos, se não fizermos da nossa vida a base de todas as coisas, não a respeitarmos, não a guardarmos e não a cuidarmos?

O que prevê que possa acontecer no Algarve quando a época turística terminar oficialmente no dia 1 de julho? Não se preocupe com as críticas. Estamos à procura de soluções. Deixe sugestões construtivas sobre como resolver ou ultrapassar o problema da escassez de água no Sul de Portugal. Pense no grande objetivo de voltar a abastecer todas as pessoas com água limpa – e se isto não puder ser feito num só passo, aborde o objetivo em diferentes passos, com medidas diferentes e sustentáveis.

Envie as suas ideias e sugestões para info@eco123.info

Uwe Heitkamp (60)

jornalista de televisão formado, autor de livros e botânico por hobby, pai de dois filhos adultos, vive em Monchique Portugal há 30 anos, fundador da ECO123.

Check Also

Nº 41 – Terras de Infante – Paradise lost?

Sábado, 27 de Junho de 2020 Começou o verão em Portugal. Wolfgang, que vive na …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.