Sábado, Maio 27, 2017
pt-ptende
Inicio | Portugal (page 2)

Portugal

Habita Jovem

Vitor Carlos da Silva Maio O programa chama-se “Habita Jovem” e apoia financeiramente jovens proprietários que queiram restaurar corretamente as ruínas de Monchique. Vitor Carlos da Silva Maio tem 33 anos de idade, e a sua casa antiga, agora nova, está quase concluída. Trabalha arduamente na restauração da mesma desde 2011: construiu um telhado novo, isolou as paredes de forma profissional, entregou os trabalhos da renovação de toda a rede elétrica e de águas a especialistas, encomendou novas portas e janelas, colocou chão novo, e muitas coisas mais. Também já sabe que irá habitar a sua antiga casa, agora nova …

Leia mais »

Pretendemos transformar as ruínas

Monchique é um dos concelhos do país que mais tem sofrido com a desertificação e, nos últimos 40 anos, a sua população baixou para metade tendo atualmente cerca de cinco mil habitantes. Para inverter a tendência de desertificação e garantir a sustentabilidade do concelho nas próximas décadas, o município algarvio tem apostado em incentivos para fixar e aumentar a população, com apoios à construção e reconstrução de imóveis, a isenção de taxas e tarifas municipais ou a oferta de projetos e apoio técnico a quem ali pretender fixar-se, entre outras iniciativas. Mas será que estas medidas têm sido suficientes para …

Leia mais »

Investir na eficácia energética da habitação

e descarbonizar a mobilidade O ano de 2016 foi o mais quente desde que se começou a medir a temperatura do planeta no século XIX. Os governos, a nível internacional, parecem começar a olhar para o problema de frente e depois dos acordos estabelecidos na COP 21, a COP 22 de Marraquexe acelerou a operacionalização dos processos por parte dos países envolvidos. José Mendes, o Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, explicou à ECO 123 o que está a ser feito em Portugal, e um pouco por todo o mundo, na tentativa de desacelerar o aquecimento global. Para além …

Leia mais »

Sanear uma vila, remodelar um país!

Só nos apercebemos das vantagens da vida no campo, numa aldeia, ou seja, longe da cidade e da costa, quando nos deslocamos a pé, por exemplo numa caminhada. E quem é que gosta de ter um terreno junto à praia inundado por água salgada, ou de lavar os dentes com água que sai a saber a sal ou a cloro da torneira de sua casa? As cidades como Aveiro, Olhão, Faro, Albufeira, Portimão, Setúbal e Figueira da Foz estão todas aproximadamente ao nível do mar. Uma maré viva no tempo das alterações climáticas, ou as fortes chuvas de uma trovoada, …

Leia mais »

Ruínas – uma utopia realizável

É de um teleférico  que Monchique precisa? Na organização de uma cidade/vila, é fundamental definir um conceito estratégico, utópico que seja, para obrigar a um fluxo de entendimento sobre a atividade humana essencial ao burgo. A casa é um primeiro conceito cósmico de espaço organizado e potencialmente positivo na construção dinâmica da vila/cidade, com os seus sonhos e pensamentos oníricos. A utopia é necessária para uma reforma visionária enquadrável na quimera social da vila. A cidade/vila é o espelho da organização social e relacional. Ao analisar Monchique – entre outras vilas – no conjunto das suas estruturas, incluindo naturalmente as …

Leia mais »

Construção ecológica, vida saudável

Rolf Disch nasceu em 1944 e é arquiteto. Vive e trabalha em Friburgo, na Alemanha. Disch tornou-se famoso pela sua inovadora obra arquitetónica na área da construção de casas solares. Por essa razão recebeu, em 2003, o “Global Energy Award”. É o inventor e desenhador das casas “Energy Plus House”, Casas de Energia Positiva. Em 2009 foi galardoado com o “Utopia-Award”. As suas casas, os seus bairros e os seus edifícios de escritórios são neutros no que toca a emissões de CO2 e singulares na sua traça arquitetónica. Produzem mais energia do que gastam. A ECO123 visitou este pioneiro no …

Leia mais »

Uma vida melhor: Fazer da nossa terra um tesouro

Em tempos, comprei um bilhete de Interrail pelo preço de 224 euros. Com este bilhete pude, no espaço de meio mês, viajar durante cinco dias por toda a Europa. Só de imaginar que poderia sair onde quisesse, e dar tempo ao tempo, aumentou a minha alegria já antes de começar a viagem. Consultei, então, os horários dos comboios portugueses e espanhóis, da CP e da RENFE. Foi com admiração que constatei que há apenas uma ligação ferroviária entre Lisboa e Madrid (e o mesmo na direção contrária). Mas porquê? Para os 600 km de distância entre as duas cidades, este …

Leia mais »

Encontra aquele lugar de paz em ti

Erika Dux (62), doutorada em Medicina pela Universidade de Dusseldórfia, Alemanha, e com várias formações adicionais, entre outras na escola sino-japonesa de Bo-Meridian-Shiatsu, vive há 32 anos em Portugal e trabalha como médica particular. Ela é mãe de três filhas, já adultas. Por que razão adoecem as pessoas? Não sei mesmo responder-lhe a essa pergunta. Quais são as origens das doenças? As pessoas ficam, por variadíssimas razões, com uma infeção, uma doença genética, um distúrbio no aparelho digestivo, ou são afetadas por exaustão, intoxicação, ou pelo meio ambiente, pelas habitações precárias. Como aborda uma doença? Como é o seu tratamento? …

Leia mais »

Recordar é viver

Käthe Tag | Nunca é tarde para aprender Käthe Tag nasceu na Alemanha, em 1938, é amante da natureza, e vive hoje no Sul do Alentejo, como alemã entre portugueses. Os seus quatro filhos, Sylvia, Oliver, Svea e Inês visitam-na regularmente. No início dos anos 60 viveu em Paris e em Londres, para aprender Francês e Inglês. Depois da morte prematura do seu marido, em 1981, começou várias formações no campo da medicina, e, depois, abriu o seu próprio consultório de medicina biológica no Sul da Alemanha. Mas chegou uma altura em que achou o país demasiado frio. Quando veio …

Leia mais »

O eremita

Marcelino Vicente | O Eremita de Barbelote Depois do inverno, na próxima primavera, chegará um momento digno de comemoração. No dia 30 de março Marcelino Zé Vicente fará 80 anos. Viveu durante 67 anos no Barbelote, uma pequena aldeia histórica em ruínas perto da Fóia, o cume da serra de Monchique. Há dez anos que vive só numa pequena casinha de pedra local. Quando, em 1949, os seus pais adquiram o terreno e subiram com as crianças, levaram também duas vacas, cinco porcos, uma dúzia de galinhas e coelhos. Viviam da agricultura, para consumo próprio e para comercializar. Era a …

Leia mais »