Sábado, Julho 29, 2017
pt-ptende
Inicio | Portugal (page 5)

Portugal

Quanto ganha um palhaço?

Leo Lobo | Circus Vagabunt Tem 39 anos. Nasceu em Osnabrück, na Alemanha, filho de emigrantes portugueses. Leo Lobo chama-se, na realidade, Sérgio Augusto. Nos anos 70 a família emigrou para a Alemanha. O pai trabalhou numa fábrica do ramo automóvel; a mãe, nas limpezas. Com seis anos de idade voltou a Portugal. Viveu com os tios. Fala e escreve alemão de forma muito intuitiva. Regressou aos 21 anos à Alemanha para se formar em artes circenses – vertente educativa/pedagógica, na escola “Seifenblase”, em Oldenburg, na Baixa Saxónia. Ganha dinheiro para fazer circo ou faz circo para ganhar dinheiro? Nem …

Leia mais »

A mudança começa em mim

Vânia Ribeiro | Made by choices Vânia Ribeiro (31) é licenciada em Psicologia e interessada em medicinas alternativas. Durante quatro anos tirou um curso de medicina chinesa e massagens. Nessa altura, descobriu a naturopatia. Por razões de saúde sentiu necessidade de mudar a sua alimentação. Colocou em questão o consumo de carne e abriu um blogue que, passado ano e meio, tem milhares de visitantes em Portugal. A vida vegan é apresentada todos os dias, com novas receitas, artigos sobre saúde, fotografias, filmes e documentários. Chama-se “Made by Choices”… A ECO123 entrevistou-a no Jardim Botânico de Lisboa. Quando nasceu a …

Leia mais »

Saúde com ervas medicinais

Maureen Robertson Uma amiga tem tido dores de estômago nos últimos tempos, talvez nos últimos dois ou três meses, e sempre depois das refeições. A dor aparece aproximadamente 30 minutos depois de ela ter comido, e ela parece não ter comido nada picante ultimamente. Quais os alimentos que ela deve evitar, e quais as ervas medicinais que podem ser benéficas? Pela descrição, poderá estar a sofrer de uma inflamação do revestimento mucoso do estômago, e quando os ácidos do estômago e outros sucos e enzimas digestivos são libertados, aquando da ingestão de alimento, o daí resultante ambiente ácido vai atacar …

Leia mais »

Do It Yourself + Yes I Can

Constrói uma pequena turbina eólica Já alguma vez, você e os seus filhos, construíram uma turbina eólica que produz eletricidade limpa? Se não for o caso, tem agora a possibilidade única de inscrever os seus filhos no workshop “Do It Yourself”, para o verão de 2017. Os grupos-alvo são alunos/as, com os seus professores, do nível médio, do 8.º e 9.º anos, com idades compreendidas entre os 14 e os 16 anos. A participação no workshop da ECO123 “Eu construo a minha própria turbina eólica” é gratuita se, enquanto pai e professor, ajudar a apoiar o seu financiamento, através da …

Leia mais »

ANCCRAL | A terceira revolução portuguesa

Na queijaria do centro multiusos da freguesia de Azinhal, no concelho de Castro Marim, no Algarve, ali, onde o tempo tende por vezes a parar, houve uma verdadeira revolução e quase ninguém deu por isso. É lá que a ANCCRAL (Associação Nacional de Criadores de Caprinos da Raça Algarvia) produz, cinco dias por semana, um queijo fresco de cabra e um iogurte natural, incrivelmente bom, até hoje ímpar no país. De segunda a sexta feira, de madrugada, Pedro Constância (na fotografia), no seu veículo com um tanque de inox de 2000 litros, faz a recolha do leite aos criadores de …

Leia mais »

Uma Regeneração Integral

A sobrevivência humana com as alterações climáticas Gil Penha – Lopes é professor convidado na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Tem coordenado projectos europeus e nacionais em matéria de adaptação às alterações climáticas, com foco em iniciativas lideradas pela comunidade . Leciona no Programa Internacional de Doutoramento sobre as Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Lisboa. Gil é também cofundador da plataforma europeia de iniciativas lideradas pela comunidade sobre a sustentabilidade e as alterações climáticas ( ECOLISE ) e publicou recentemente o livro sobre “Permacultura e Adaptação às Mudanças Climáticas”. As palavras que integram …

Leia mais »

Deixa a cidade e regressa ao campo por amor

Mudar a mentalidade dos pais, renitentes em aceitar a perspetiva de cinco anos sem lucros para mudar para uma produção totalmente biológica, é só uma das montanhas que o casal Mariano tem de escalar. Para trás estão escalados outros montes íngremes. O primeiro deles foi quando decidiram trocar o conforto da capital lisboeta pelo regresso às origens, em Macedo de Cavaleiros, depois de um assalto de extrema violência aos pais de Raquel Mariano, 47 anos, uma teóloga convertida em agricultora, desde que em 2012 regressou à casa de partida. Dar apoio e segurança à família idosa, por um lado, e …

Leia mais »

Património & Natureza

Vale a pena visitar Monchique. E quem subir a antiquíssima calçada da aldeia tem sempre uma meta em vista: o antigo Convento dos Franciscanos, destruído no terramoto de 1 de novembro de 1755. Na reta final, o caminho deixa de ser em calçada e passa a ser um trilho que nos leva à ruína, na qual podemos ler a palavra “Family” e onde vive a família de Vidaul Gonçalves. Entre as paredes ruídas da parte central do convento, colocaram uma vedação e têm um galinheiro e uma bela horta, que lhes garante excelente alimento. Passeantes e visitantes da ruína são …

Leia mais »

Jaime Ferreira | Agrobio

Dentro de dez anos haverá uma nova agricultura em Portugal Fundada há 31 anos, a Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (Agrobio) foi pioneira na divulgação da agricultura biológica em Portugal e os seus projetos têm procurado romper barreiras a nível nacional. Atualmente, com 7.500 associados, é a segunda maior organização portuguesa não-governamental na área do ambiente. Dirige as suas atividades para agricultores e consumidores que privilegiam a qualidade alimentar, a saúde, o ambiente e a defesa de uma prática agrícola sã, socialmente responsável e justa. O presidente da Agrobio, Jaime Ferreira, desvendou algumas novidades e preocupações em conversa à ECO123. …

Leia mais »

Fátima Torres | Quinta Seis Marias

Fátima Torres (46 anos) é agricultora biológica na Quinta Seis Marias. Este ano, ela festeja, com os seus quatro funcionários e um estagiário, os dez anos de existência da sua propriedade agrícola, com seis hectares de área, no Sargaçal, perto de Lagos. A ECO123 foi lá visitá-la e entrevistá-la. Na verdade, tendo estudado Gestão de empresas, devia estar a gerir uma empresa em Lisboa. Mas tornou-se contabilista e depois agricultora. Porquê? Quando o meu pai morreu, fiquei com a empresa rural convencional e dirigi-a para a agricultura orgânica. Desde então, dirijo-a de corpo e alma e sem fazer contas às …

Leia mais »